Principais Formas de Relevo

publicidade:

O relevo é formado pelas diversas formas da superfície terrestre, mostrando-se como resultado de bilhões de anos que antecederam a atualidade, marcando a história geológica do planeta, e mostrando ser algo dinâmico, que se mantém em constante transformação. A história geológica da Terra pode ser conhecida através das infinidades de camadas, cada uma delas trazendo um tempo geológico, com constantes alterações através do tempo.

Na Geografia, principalmente, que estuda a estrutura do planeta, estabeleceu-se uma classificação para caracterizar cada forma de relevo responsável pela condição atual de uma área ou região geográfica. De maneira geral, essa classificação do relevo terrestre contempla as montanhas, os planaltos, as planícies e das depressões.

publicidade:

Através dessa classificação podemos entender melhor a formação do relevo terrestre, entendendo também como cada uma delas gera condições que podem influenciar a cultura e a atividade humana.

Tudo o que vemos hoje como formações do relevo terrestre teve início há bilhões de anos, quando a crosta da Terra começou a se solidificar. Essa crosta se movimentam continuamente. São as placas tectônicas, flutuando sobre o magma derretido no interior da Terra, que fazem com que montanhas se elevem e que aconteçam terremotos, mudando o aspecto físico de uma região, ou com a presença do vento e da chuva, que provocam erosões e causam as modificações.

Conheça os principais formas de relevo terrestre:

Montanhas

Montanhas_Idaho_Springs,_CO

As montanhas são uma parte mais visível da força das placas tectônicas, caracterizando-se pela altitude bastante elevada, em relação a outras superfícies e ao nível do mar. Geralmente as montanhas são criadas em conjunto, formando cadeias montanhosas, ou cordilheiras, como as Cordilheira dos Andes e Cordilheira do Himalaia, respectivamente na América do Sul e na Ásia.

Todos os continentes possuem suas cordilheiras, havendo nelas quatro tipos mais comuns de montanhas: montanhas vulcânicas, que são formadas a partir dos vulcões; montanhas de erosão, que são formadas pelo encontro de placas tectônicas e que surgem em locais propícios à erosão dos ventos e das chuvas; montanhas falhadas, que são criadas através das falhas tectônicas e que criam a ruptura entre duas placas tectônicas, mantendo blocos terrestres acumulados uns sobre os outros; e montanhas dobradas, também causadas pelas placas tectônicas, sendo estas o tipo mais comum.

Planaltos

planalto-central

publicidade:

Os planaltos, ou platôs, são as áreas geralmente mais planas, que podem ser encontradas em altitudes médias, tendo limites bem nítidos, compostos por escarpas e cercados por regiões mais baixas. Os planaltos são, em sua maioria, criados pelo processo de erosão de montanhas, fornecendo sedimentos para áreas mais baixas ao seu redor.

Encontramos no relevo terrestre três tipos principais de planaltos: os planaltos cristalinos, que são formados por rochas ígneas cristalinas, sendo sua composição de restos de montanhas erodidas através dos tempos; os planaltos basálticos, que são formados por rochas ígneas extrusivas, provindas de vulcões antigos e, em geral, extintos; e os planaltos sedimentares, que são formados por rochas sedimentares que foram erguidas pelos movimentos internos das placas tectônicas da crosta terrestre.

Um dos bons exemplos de planalto é o Planalto Central, aqui no Brasil, que compreende uma vasta área dos Estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Tocantins.

Planícies

45863_Papel-de-Parede-Planicies-Cattle-Rio-Dart-Nova-Zelandia_1280x960

As planícies são áreas planas, sempre em altitudes mais baixas, geralmente próximas ao nível do mar e vizinhas a planaltos, criadas através de vales fluviais ou em áreas litorâneas. As planícies são formadas em sua maioria por sedimentos, acumulados ao longo dos milênios através do processo de erosão que ataca os planaltos e as montanhas.

No Brasil temos dois tipos básicos de planície: a Planície Amazônica, no norte, e a Planície do Pantanal, na região Centro-Oeste.

Depressões

publicidade:

parna_chapada_dos_guimares_-_morro_de_so_jernimo_mauricio_cavalcante

As depressões são as áreas que se encontram nas menores altitudes com relação ao nível do mar. Podem ser as depressões relativas, quando é uma região mais baixa que o relevo ao seu redor, ou podem ser depressões absolutas, quando são regiões abaixo do nível do mar.

As depressões absolutas mais conhecidas do planeta são o Vale da Morte, nos Estados Unidos, uma das regiões mais inóspitas do planeta, e a região do Mar Morto, no Oriente Médio, que também é a maior, com 396 metros abaixo do nível do mar.

publicidade:

Vamos rir um pouco: