Estudo, Português e Literatura

Bullying – O que é?

publicidade:

Bullying é um termo proveniente do idioma inglês, provindo de “Bullying”, que tem o significado de “valentão”, referindo-se a todas as formas de atitude agressivas, verbais ou físicas, intencionadas e repetitivas, que são feitas sem qualquer motivação e praticadas por indivíduos contra outros.

O Bullying tem como principal objetivo intimidar ou agredir pessoas que não tenham condições de se defender, criando uma relação de poder contra os mais fracos.

publicidade:

O Bullying é muito comum nas escolas, sendo praticados por um ou mais alunos contra colegas mais fracos, mais novos, ou que tenham alguma característica que permita sua prática, sendo entendido como ameaça, opressão, humilhação, provocando maltrato.

publicidade:

Vrsnjacko-nasilje-71216

Bullying, uma forma de violência gratuita

O Bullying é uma das formas de violência que mais crescem no mundo. Ele pode ocorrer em qualquer ambiente, em qualquer contexto social, podendo ser percebidos dentro das famílias, o Bullying na escola e universidades, no trabalho, entre vizinhos e até mesmo o Bullying Virtual. O que pode, num primeiro momento aparecer como um apelido completamente inofensivo, é capaz de afetar física e emocionalmente uma pessoa.

Podemos dividir o Bullying em duas categorias distintas:

  • O Bullying direto, que é mais praticado entre agressores masculinos, podendo chegar a agressão física;
  • O Bullying indireto, mais comum entre mulheres e crianças, onde a característica principal é o isolamento social da vítima.

bullyNos dois casos, no entanto, a vítima é intimidade, sofrendo ameaças ou agressão física, agressão sexual e até mesmo perda de condições de subsistência.

Hoje, o Bullying é um problema que atinge todos os países e todos os grupos étnicos, mas ocorre principalmente nas escolas, embora seus dirigentes não admitam ou não conheçam o problema, negando-se a enfrenta-lo.

O Bullying geralmente ocorre em locais e horários em que a presença de pessoas adultas não existe ou é ocasional, havendo, na maior parte dos casos, a aplicação de apelidos pejorativos, criados para a humilhação de colegas.

A proliferação do Bullying também é motivada pelo silêncio das pessoas que o testemunham, geralmente por temerem se tornar também vítimas do agressor. Trata-se de uma situação problemática, uma vez que, nas escolas, quando não há intervenção contra os agressores, o ambiente é afetado, gerando sentimento os de ansiedade e de medo.

As crianças e adolescentes que são vítimas de Bullying, em sua maior parte, tornam-se adultos com baixa estima e com sentimentos negativos, podendo gerar problemas de relacionamento com outras pessoas, assumir comportamento agressivo e se isolar socialmente. Em alguns casos, o Bullying pode até provocar suicídio.

Quem são os autores do Bullying

Na sua maior parte, os autores do Bullying são pessoas que possuem pouca empatia com os colegas, que pertencem a famílias sem estrutura, com relacionamento afetivo precário ou inexistente. Enquanto isso, as vítimas do Bullying são pessoas geralmente pouco sociáveis, que possuem pouca capacidade de reação e que não lutam para encerrar o relacionamento agressivo, tendo insegurança que os impede de denunciar os agressores ou buscar ajuda.

Nas escolas brasileiras, em pesquisa realizada há alguns anos, notou-se que o Bullying é muito mais comum entre alunos de quinta e sexta séries e, dentre as cidades, as que se destacaram foram Brasília, Belo Horizonte e Curitiba, embora se tenha notícias mais recentes de que se trata uma prática que vem se espalhando rapidamente, seja entre outras séries ou entre outras cidades.

O Bullying e a legislação

A prática do Bullying atinge princípios de direitos humanos, atingindo o respeito à dignidade da pessoa humana, e podem ser punidas pelo Código Civil, que determina que um ato que provoque dano pode gerar indenização.

Os dirigentes escolares que não tomam providência contra o Bullying também podem incorrer no Código de Defesa do Consumidor, uma vez que as escolas prestam serviços e são responsáveis por qualquer ato praticado dentro do estabelecimento de ensino.

O Bullying não é apenas uma brincadeira: trata-se de um caso grave, que pode provocar doenças psicossomáticas, afetar o estado emocional de uma pessoa agredida, vítima dessa prática, e deve ser denunciado e combatido.

Share this Story

Facebook Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Check Also

Teorema de Tales

publicidade: Teorema de Tales foi estabelecido por Tales ...